Surdos lutam pela inclusão

Os surdos de todo o Brasil estão mobilizados nesta quinta e sexta-feira (19 e 20/05) para manifestar a necessidade de políticas públicas voltadas para a inclusão dos deficientes auditivos. O movimento ocorre simultaneamente em todas as capitais do País, com passeatas ocorrendo simultaneamente hoje e amanhã (19 e 20/05), e um Encontro Nacional de Surdos em Brasília.

Em Porto Velho, a concentração para a passeata será em frente ao prédio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), com saída às 9h30min, com destino ao Palácio Presidente Vargas. Os surdos, familiares, amigos, tradutores e professores de libras vão entregar ao governador Confúcio Moura um manifesto com reivindicações do movimento. Todos estão convidados a participar da passeata e apoiar o movimento dos surdos.

Ontem, os líderes do Movimento em Favor da Educação e da Cultura Surda em Rondônia estiveram no gabinete do senador Acir Gurgacz (PDT) solicitando apoio para a causa. A presidente da Associação dos Surdos de Porto Velho (ASPVH), Indira Stedile Moura, falou com o senador Acir - por meio de libras -, com tradução da professora Ariana Boaventura, presidente da Associação dos Interpretes de Libras de Rondônia.

Ela disse que existem em Porto Velho cerca de 8 mil surdos, e que em Rondônia a quantidade de surdos pode chegar a 20 mil. “As ações educativas e de inclusão para os surdos são insuficientes e a maioria vive à margem da sociedade, sem participar, sem ser considerada, sem diálogo”, reclamou.

Para a professora Ariana Boaventura, a popularização dos cursos de libras é fundamental para que o surdo seja incluído na sociedade. “Muita gente ainda não entendeu que esses cursos devem ser oferecidos para todas as pessoas, pois só quando todos dominarem a linguagem de libras é que os surdos poderão estabelecer comunicação com o mundo”.

Entre as principais reivindicações e bandeiras de luta dos surdos de Rondônia estão a criação de escolas bilíngüe, a formação de professores bilíngüe, promoções culturais, esportivas e recreativas para os surdos, um espaço físico amplo para a associação dos surdos, e apoio governamental e das empresas para suas iniciativas.

O senador Acir Gurgacz se comprometeu em auxiliar os surdos de Rondônia por meio da ação legislativa e buscando apoio junto aos governos federal, estadual e municipais para atender as suas necessidades. “Vimos mais uma vez que a educação é a principal solução para o problema social, neste caso, a exclusão dos surdos, e vamos buscar maneiras de promover cursos de libra em todo o Estado, para que eles se sintam incluídos na sociedade e para que possamos nos comunicar”, disse o senador.

Acir agendou uma reunião com os representantes dos surdos do Estado para o dia 30 de maio, em Porto Velho, quando pretende ampliar a discussão sobre as necessidades dos deficientes auditivos e encaminhar soluções.

 

Fonte: Portal de Rondônia

ICS - Imprensa

Realização

Parceiros

Patrocínio